Home / Noticias / Pressão da indústria fonográfica está fechando sites de download do YouTube

Pressão da indústria fonográfica está fechando sites de download do YouTube

sites-fechados-para-download-de-musicas-533x300

A semana não está sendo muito fácil para os sites que permitem o download de vídeos do YouTube e sua transformação em arquivos de áudio no formato MP3. Pelo menos quatro serviços desse tipo encerraram suas atividades nesta semana, todos alegando ter recebido notificações de agências que representam os interesses da indústria fonográfica.

O caso mais drástico parece ser o do YouTube-MP3.com, também uma das maiores plataformas do tipo em operação na internet. Foi ele, também, o único a efetivamente ser processado por nomes como a RIAA, BPI e IFPI, que representam gravadoras e selos, respectivamente, nos EUA, Reino Unido e internacionalmente. O fechamento teria sido resultado de um acordo judicial que envolvia o abandono da ação, mediante o fim das atividades de uma plataforma que acumulava mais de um milhão de visitantes por dia.

O Pickvideo.co é outro nome a ter abandonado suas atividades nesta semana, após o recebimento de uma carta de “cessão e desistência” por parte da indústria fonográfica. A notificação é o último recurso extra-judicial antes de um processo propriamente dito, que pediria não apenas o fim do serviço, mas também compensações financeiras pela pirataria proporcionada por ele.

Nesta semana, também fecharam as portas o Video-download.co e o EasyLoad. O primeiro citou o caso do YouTube-MP3 como uma medida que levou à decisão, uma vez que o serviço fechado, assim como ele mesmo, fica hospedado na Alemanha, além do recebimento de uma notificação de “uma empresa americana” para interrupção das atividades. O segundo também citou motivação parecida para o fim, mas sem confirmar o recebimento de cartas ou ameaças judiciais.

Falando oficialmente, a BPI confirmou a abertura de processo contra o YouTube-MP3 e o envio de notificações para outros serviços não especificados. A associação da indústria fonográfica britânica disse que os sites de download de vídeos da plataforma da Google estão tendo grande impacto sobre seus números e operações, deixando claro que a batalha contra plataformas desse tipo está longe do fim.

Em comunicado sobre o assunto, a Electronic Frontier Foundation demonstrou seu apoio à proteção de direitos autorais e o combate à pirataria na rede, entretanto, considerou que o fechamento de serviços de download pode ser uma medida extrema. A EFF lembrou que plataformas dessa categoria não são usadas apenas para a conversão de vídeos em formatos de áudio, mas também por criadores de conteúdo em trabalhos derivativos, além de institutos e usuários finais para fim de arquivo.

Além disso, lembrou que muitos trabalhos livres de copyright ou pagamentos de royalties também são hospedados em sites como o YouTube, e o fim de serviços que permitem o download entra diretamente no caminho da utilização de tais arquivos por terceiros. A fundação se colocou à disposição da indústria fonográfica para discutir alternativas que não sejam tão drásticas.

Fonte: TorrentFreak

Deixe seu comentário

Você pode Gostar de:

Google Play agora aceita Mercado Pago na compra de apps e conteúdo

Boa notícia para os usuários brasileiros de Android! O Google Play acaba de adicionar mais …

error: Content is protected !!