Home / Espaço / NASA tem plano audacioso para proteger a Terra contra asteroides

NASA tem plano audacioso para proteger a Terra contra asteroides

ASTERÓIDE

Um asteroide caiu na Terra e dizimou os dinossauros, certo? E o medo de que isso se repita na história do nosso planeta é tão grande, que a ideia de asteroides ameaçando a humanidade é tema recorrente em produções de ficção científica. Só que a coisa não fica só no entretenimento, sendo este um perigo real que podemos enfrentar caso não estejamos devidamente protegidos contra objetos espaciais que porventura estejam em rota de colisão com a Terra.

Por isso, a NASA acaba de revelar um plano audacioso para nos proteger contra este tipo de ameaça. A agência espacial dos EUA quer prever as chances de um objeto espacial próximo à Terra nos atingir, delineando cinco metas, que incluem detecção aprimorada e modelagem computacional.

Tal plano está descrito em um documento com 20 páginas, emitido pela Casa Branca. Ele detalha os passos que os EUA deverão seguir para se prepararem melhor para quando houver aproximações perigosas de cometas e asteroides, quando eles passarem a 30 milhões de quilômetros da Terra. “A implementação da Estratégia Nacional de Preparação de Objetos Próximos à Terra e do Plano de Ação aumentará enormemente a prontidão de nosso país e trabalhará com parceiros internacionais para responder efetivamente caso um novo potencial de impacto de asteroide seja detectado”, declarou Lindley Johnson, oficial de defesa planetária da NASA.

Com o plano, a NASA também pretende desenvolver novas tecnologias para desviar asteroides, além de aumentar a cooperação internacional nesta missão e estabelecer novos procedimentos de emergência para potenciais impactos. Contudo, a agência fez questão de ressaltar que nenhum asteroide conhecido representa ameaças iminentes. “A NASA e seus parceiros identificaram 95% dos objetos e nenhum deles representará uma ameaça neste século”, garantiu Aaron Miles, da Casa Branca.

Lindley Johnson revelou, também, que já existem mais de 18.300 objetos, incluindo asteroides, registrados pela NASA, e pouco mais de 8 mil deles têm mais de 100 metros de diâmetro. De qualquer forma, a agência não quer estar despreparada caso descubra um asteroide em rota de colisão com a Terra, ainda que as chances de isso acontecer sejam realmente baixas.

Fonte: Fox News

Deixe seu comentário

Você pode Gostar de:

SpaceX fecha contrato com Força Aérea dos EUA para transporte de cargas

Não há dúvidas de que o modelo de negócios da SpaceX, ao reutilizar seus foguetes …

error: Content is protected !!